17/01/2021

CONEXÃOJARU

CONECTADO COM VOCÊ(69)984310175

Letícia Spiller se arrepende de defender Marcius Melhem,

Letícia Spiller se arrepende de defender Marcius Melhem

 

Letícia Spiller falou bem de Marcius Melhem e voltou atrás
Letícia Spiller falou bem de Marcius Melhem e voltou atrásMontagem – Divulgação

Nada como um ‘cancelamento’ para fazer uma celebridade voltar atrás, não é mesmo? Que o diga Letícia Spiller.

Letícia Spiller usou suas redes sociais para esclarecer uma entrevista em que diz que Marcius Melhem, acusado de assédio sexual, era uma ‘boa pessoa’. No bate-papo, Letícia falou que Marcius Melhem virou “mártir da situação” e que o conhecia como uma pessoa “querida e de bom coração”.

Letícia Spiller elogia Marcius Melhem e é detonada na web

Após a entrevista, Spiller passou a ser duramente criticada e ‘cancelada’ nas redes sociais. Foi aí que ela resolveu se explicar. A atriz pediu desculpas publicamente e disse que em momento algum apoia alguém que comete abusos. “Jamais atacaria Dani Calabresa. Jamais colocaria em dúvida os seus relatos, o que ela passou. Se, por algum momento deixei essa impressão, preciso me desculpar! E estou aqui pedindo desculpas”, começou.

Calabresa desabafa e Globo teme onda de denúncias contra Melhem

“Desculpas ao público que me acompanha, aos meus colegas de trabalhos, às mulheres, às pessoas que passaram por casos de abuso ou assédio. Desculpas à Dani e a todos os envolvidos neste caso, em especial. Eu preciso me expressar aqui de uma maneira que deixe claro o meu posicionamento em relação a esse assunto. E é isso que estou fazendo neste momento”, esclareceu.

Na entrevista, Leticia também criticou a “demora” para as vítimas falarem sobre o assunto. No Instagram, a atriz justificou que “disse como achava que ia se comportar”. “Mas cada um tem seus motivos e seu tempo para se manter calado ou denunciar. E isso não tira – ou não deve tirar – a culpa de seu agressor”, escreveu.

Assédio: A Globo foi mais dura com Mayer do que com Melhem?

“Sobre o meu comentário em relação a Marcius Melhem, eu o conheci na adolescência. É sobre aquele Marcius que falei. Não temos contato há anos. Assim como muitas pessoas ficaram chocadas com esses relatos, porque são de revirar o estômago, eu também fiquei. E eu espero que todos tenham ficado também, porque são situações de muito sofrimento para as vítimas. E isso tudo só reforça uma dura realidade. O que a gente mais escuta é que agressor não tem cara, não tem rótulo. Aquela pessoa que está ao seu lado, bem-humorada e educada, com sorriso largo e boa conversa, pode ser a pessoa que está fazendo da vida de alguém um inferno. Por isso também que as vítimas se sentem acuadas e com medo de fazer as denúncias. Mais do que nunca, quem está do lado de fora, precisa lutar e criar uma rede de apoio para que as vítimas se fortaleçam, se encorajem. Isso afirmo e reitero”, concluiu ela.

Melhem, que é ex-diretor de humor da Globo, foi acusado por Dani Calabresa por assédio sexual e moral. Ele nega e promete processar Calabresa.

Marcius Melhem foi acusado de assédio moral e sexual em 2019, quando o jornalista Leo Dias publicou, pela primeira vez, relatos sobre as denúncias das vítimas contra o ator. Nesta sexta-feira (4), Dani Calabresa revelou, em entrevista para a Revista Piauí, detalhes do que Marcius, ex-chefe dela, teria cometido. O ator não é o único artista a ter o nome envolvido em acusações de abuso sexual; relembre a seguir

Marcius Melhem foi acusado de assédio moral e sexual em 2019, quando o jornalista Leo Dias publicou, pela primeira vez, relatos sobre as denúncias das vítimas contra o ator. Nesta sexta-feira (4), Dani Calabresa revelou, em entrevista para a Revista Piauí, detalhes do que Marcius, ex-chefe dela, teria cometido. O ator não é o único artista a ter o nome envolvido em acusações de abuso sexual; relembre a seguir

Em 2017, José Mayer foi acusado de assédio sexual por Susllem Meneguzzi Tonani, figurinista da TV Globo. Nos relatos, ela disse que o ator a assediou diversas vezes, tanto moral quanto sexualmente, desde que ela começou a trabalhar na emissora. Zé Mayer se pronunciou na época e negou as acusações. O caso repercutiu negativamente, o veterano perdeu espaço na TV e, em 2019, foi demitido do canal após 35 anos

Em 2017, José Mayer foi acusado de assédio sexual por Susllem Meneguzzi Tonani, figurinista da TV Globo. Nos relatos, ela disse que o ator a assediou diversas vezes, tanto moral quanto sexualmente, desde que ela começou a trabalhar na emissora. Zé Mayer se pronunciou na época e negou as acusações. O caso repercutiu negativamente, o veterano perdeu espaço na TV e, em 2019, foi demitido do canal após 35 anos

Foto: Reprodução/Facebook

O diretor de Bohemian Rhapsody, Bryan Singer, foi acusado por quatro homens de abusar sexualmente deles quando eram menores de idade. A informação é da revista norte-americana The Atlantic, que durante 12 meses investigou diversas alegações contra Singer e ouviu mais de 50 pessoas. O advogado de Singer, Andrew B. Brettler, negou as acusações e disse também que o cliente não tem preferência por homens menores de idade

O diretor de Bohemian Rhapsody, Bryan Singer, foi acusado por quatro homens de abusar sexualmente deles quando eram menores de idade. A informação é da revista norte-americana The Atlantic, que durante 12 meses investigou diversas alegações contra Singer e ouviu mais de 50 pessoas. O advogado de Singer, Andrew B. Brettler, negou as acusações e disse também que o cliente não tem preferência por homens menores de idade

Em 2019, Caio Blat foi acusado de assédio sexual por uma colega de trabalho. Segundo o colunista Léo Dias, a atriz teria alegado que Caio estaria a assediando nos bastidores de uma novela. A atriz que fez a denúncia já havia se queixado para colegas sobre o comportamento do ator. Na época, Caio se pronunciou sobre o assunto e se mostrou indignado com a acusação

Em 2019, Caio Blat foi acusado de assédio sexual por uma colega de trabalho. Segundo o colunista Léo Dias, a atriz teria alegado que Caio estaria a assediando nos bastidores de uma novela. A atriz que fez a denúncia já havia se queixado para colegas sobre o comportamento do ator. Na época, Caio se pronunciou sobre o assunto e se mostrou indignado com a acusação

Kevin Spacey foi denunciado por assediar menores de idade, entre eles, o ator Anthony Rapp, que tinha apenas 14 anos quando foi abusado pelo ator. Após os relatos, Spacey foi afastado e demitido da série House of Cards, na qual ele era protagonista. Diante da repercussão negativa do caso, o astro perdeu espaço e ficou de fora de grandes projetos, que inclusive já estavam prontos, como, por exemplo, o filme All The Money In The World 

Kevin Spacey foi denunciado por assediar menores de idade, entre eles, o ator Anthony Rapp, que tinha apenas 14 anos quando foi abusado pelo ator. Após os relatos, Spacey foi afastado e demitido da série House of Cards, na qual ele era protagonista. Diante da repercussão negativa do caso, o astro perdeu espaço e ficou de fora de grandes projetos, que inclusive já estavam prontos, como, por exemplo, o filme All The Money In The World 

Cuba Gooding Jr. foi acusado de assediar e apalpar três mulheres em bares de Manhattan em 2018 e 2019. O advogado de uma das vítimas alegou que teria como testemunhas outras 19 mulheres que também acusam o ator, de 52 anos, de apalpá-las ou beijá-las à força, fatos que datam de 2001. Cuba Gooding Jr. se declarou inocente

Cuba Gooding Jr. foi acusado de assediar e apalpar três mulheres em bares de Manhattan em 2018 e 2019. O advogado de uma das vítimas alegou que teria como testemunhas outras 19 mulheres que também acusam o ator, de 52 anos, de apalpá-las ou beijá-las à força, fatos que datam de 2001. Cuba Gooding Jr. se declarou inocente

Mais de 70 mulheres — na maior parte jovens atrizes e mulheres em outras áreas da indústria de filmes —  acusaram Harvey Weinstein de má conduta sexual, incluindo estupro, em uma série de incidentes que datam de décadas atrás. As acusações deram origem ao movimento #MeToo, que levou centenas de mulheres a acusarem publicamente homens poderosos nos negócios, governo e setor de entretenimento de assédio sexual e abuso. O ex-produtor e fundador da Miramax foi condenado a 23 anos de prisão pelos crimes cometidos

Mais de 70 mulheres — na maior parte jovens atrizes e mulheres em outras áreas da indústria de filmes —  acusaram Harvey Weinstein de má conduta sexual, incluindo estupro, em uma série de incidentes que datam de décadas atrás. As acusações deram origem ao movimento #MeToo, que levou centenas de mulheres a acusarem publicamente homens poderosos nos negócios, governo e setor de entretenimento de assédio sexual e abuso. O ex-produtor e fundador da Miramax foi condenado a 23 anos de prisão pelos crimes cometidos

Foto: EFE/EPA/JASON SZENES

Em 2018, Morgan Freeman foi acusado de assédio sexual em sets de filmagem por, ao menos, oito mulheres. A denúncia foi feita pela emissora de notícias americana CNN. O canal ouviu dezenas de pessoas que trabalharam com o astro de Hollywood em filmes, e várias descreveram o comportamento dele como inapropriado. Após os depoimentos vieram à tona, Freeman pediu desculpas, mas negou as acusações

Em 2018, Morgan Freeman foi acusado de assédio sexual em sets de filmagem por, ao menos, oito mulheres. A denúncia foi feita pela emissora de notícias americana CNN. O canal ouviu dezenas de pessoas que trabalharam com o astro de Hollywood em filmes, e várias descreveram o comportamento dele como inapropriado. Após os depoimentos vieram à tona, Freeman pediu desculpas, mas negou as acusações

O fotógrafo Terry Richardson, conhecido pelos cliques sensuais, foi acusado de assediar sexualmente as modelos as quais fotografava. Cerca de 100 depoimentos contra Richardson vieram à tona em 2017. No mesmo ano, grandes revistas como Vogue e Vanity Fair anunciaram que pararam de trabalhar com o fotógrafo

O fotógrafo Terry Richardson, conhecido pelos cliques sensuais, foi acusado de assediar sexualmente as modelos as quais fotografava. Cerca de 100 depoimentos contra Richardson vieram à tona em 2017. No mesmo ano, grandes revistas como Vogue e Vanity Fair anunciaram que pararam de trabalhar com o fotógrafo

Foto: Divulgação

Danny Masterson, ator das séries The Ranch e That 70s Show, foi acusado de estuprar uma mulher de 23 anos em 2001, uma mulher de 28 anos em abril de 2003 e uma terceira vítima, também de 23, em sua casa em Hollywood Hills, entre outubro e dezembro de 2003. Em junho deste ano, ele foi preso pelos crimes cometidos e, para responder aos processos em liberdade, pagou fiança de US$ 3,3 milhões. Mas, caso seja condenado, pode pegar até 45 anos de prisão. Em comunicado oficial, o advogado de Masterson nega as acusações e diz estar confiante de que o cliente será inocentado

Danny Masterson, ator das séries The Ranch That 70s Show, foi acusado de estuprar uma mulher de 23 anos em 2001, uma mulher de 28 anos em abril de 2003 e uma terceira vítima, também de 23, em sua casa em Hollywood Hills, entre outubro e dezembro de 2003.

Em junho deste ano, ele foi preso pelos crimes cometidos e, para responder aos processos em liberdade, pagou fiança de US$ 3,3 milhões. Mas, caso seja condenado, pode pegar até 45 anos de prisão. Em comunicado oficial, o advogado de Masterson nega as acusações e diz estar confiante de que o cliente será inocentado

Foto: Reprodução